Sem título

20

sabadão

julho

2024

 

Anuncie Conosco Data Center | Serviços | Portal Livros | Cidades e Países |


Holambra

Nossas Agências espalhadas pelo mundo

 

SÃO PAULO - SP

10-06-2024

Conab exige que vencedoras de leilão do arroz comprovem capacidade técnica e financeira

Empresas arremataram as 263,7 mil toneladas de arroz importado, em leilão realizado na quinta-feira (6) pela companhia.

 

Brasília|Da Agência Estado

 

 

Empresas que compraram arroz em leilão vão precisar comprovar capacidade técnica (Marcello Casal Jr/Agência Brasil) 

 

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) convocou, por meio de comunicado em seu site, as Bolsas de Mercadorias para que comprovem a capacidade técnica e financeira das empresas que arremataram as 263,7 mil toneladas de arroz importado, em leilão realizado na quinta-feira (6) pela companhia.

 

Segundo nota da estatal, as empresas foram representadas pelas Bolsas de Mercadorias, e, diante das “dúvidas e repercussões” a partir do resultado do leilão, o presidente da Conab, Edegar Pretto, resolveu tomar a medida. “A transparência e a segurança jurídica são princípios inegociáveis e a Conab está atenta para garantir segurança jurídica e solidez nessa grande operação”, afirmou Pretto, na nota.

 

Após o leilão, opositores ao governo, sobretudo a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina (PP-MS), levantaram suspeitas sobre a participação de empresas desconhecidas do mercado e que arremataram alguns lotes. Das quatro companhias vencedoras, apenas uma - a Zafira Trading - é uma empresa do ramo. Também arremataram o leilão uma fabricante de sorvetes, uma mercearia de bairro especializada em queijo e uma locadora de veículos.

Nas redes sociais, Tereza Cristina divulgou, inclusive, que pediu ao Tribunal de Contas da União (TCU) para que fiscalizasse o leilão que qualifica como “milionário” realizado pela Conab. A senadora comentou ainda que “nunca usou” recursos públicos para comprar arroz. O TCU foi acionado pelo partido Partido Novo para apurar e suspender o resultado do leilão.

Ainda na sexta-feira (7), diante da polêmica em torno do leilão, a Conab divulgou um esclarecimento em seu site, dizendo que o formato do leilão do arroz importado “utiliza as Bolsas de Mercadorias como intermediárias”. E prossegue: “Elas são previamente cadastradas e certificadas pela Companhia e se responsabilizam, sob as penas da lei, pelas propostas que apresentam em nome de seus clientes”.

Além disso, a Conab disse que “cabe a cada uma das Bolsas analisar a capacidade daqueles que representam em leilões oficiais, que são normativamente responsáveis pelos lances que realizam”. Esclareceu, ainda, que “qualquer desrespeito à legislação e às regras do leilão atrai punições”. Advertiu, também, que as Bolsas de Mercadorias “são responsabilizadas caso permitam a participação de empresas que não atendam às exigências do aviso e outras exigências que estão previstas no Contrato de Prestação de Serviço firmado com a Conab”.

“No dia 13 (quando as empresas terão de depositar uma garantia), a gente vai saber exatamente de quem nós estamos falando. Agora, eu não posso falar sobre quem vai ou quem não vai entregar o produto. Eu só tenho uma certeza que eu posso falar para você: a Conab vai fazer três fiscalizações. Prejuízo financeiro para o governo não vai ter nenhum”, afirmou o diretor de Operações e Abastecimento da Conab, Thiago dos Santos.

Também em nota divulgada no sábado (8), a empresa Wisley A de Sousa Ltda., que foi a maior arrematadora dos lotes, com aquisição de 147,3 mil toneladas das 263,7 mil vendidas, lamentou que “grupos com interesses contrariados” estejam tentando afetar a imagem da empresa de Macapá (AP) e “deturpar a realidade num momento em que é essencial o País encontrar formas de assegurar o abastecimento de arroz para a população”, disse, a companhia, que atua no Norte do país, acrescentando que tem mais de 17 anos de experiência no comércio atacadista de alimentos e faturamento de R$ 60 milhões no ano passado.

A companhia garantiu, também, que vai fornecer o arroz importado adquirido no leilão “dentro do cronograma estabelecido pela Conab e cumprindo rigorosamente as normas de controle e qualidade”.

Quando foi fundada, em setembro de 2006, a mercearia Queijo Minas possuía capital social de apenas R$ 80 mil. No mesmo dia do anúncio do leilão pelo governo, em 29 de maio deste ano, a empresa alterou seu capital social para R$ 5 milhões, e deixou de ser uma microempresa, de acordo com informações da Junta Comercial do Amapá.

Na próxima quinta-feira (13) a Conab vai reofertar as 36,63 mil toneladas de arroz importado remanescentes do lote inicial de 300 mil toneladas leiloadas no leilão de quinta-feira, 6. Os leilões têm sido realizados pelo governo federal para fazer frente à especulação de preços do grão após as enchentes no Rio Grande do Sul, o maior produtor de arroz do país.

 

 


Esta matéria possui 81 visita(s)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Últimas Notícias

 

‘Divertida Mente 2’ está prestes a se tornar filme com maior

 

Alemão de 60 anos é o sétimo caso de cura provável do HIV

 

Mesmo com primeira agenda de Datena, entorno de Tabata vê in

 

MC Daniel desabafa após cachorro morrer em acidente doméstic

 

Em 1º discurso após ataque, Trump diz que discórdia nos EUA

 

Apagão cibernético: saiba o que foi afetado no Brasil

 

Silvio Santos segue internado em São Paulo com H1N1

 

6 atividades para fazer com o cachorro nas férias

 

Cantora country admite que estava bêbada durante apresentaçã

 

The Smashing Pumpkins anuncia shows no Brasil; veja preços e

 



Links Interessantes


Jogador Que Disputou Copa Do Mundo Pelo México É Acusado Pela Mãe De Mandar Matar A Irmã

Justiça Eleitoral Proíbe Contratações E Inaugurações De Obras A Partir Deste Sábado

Entenda Por Que O Congresso Pode Derrubar O Critério De 40 G De Maconha Decidido Pelo Stf

Mercedes Classe E Chega À Linha 2025 Por R 61 Mil A Menos

Mulher Limeirense Passa Em 1° Lugar Da Turma Entre Mais De Mil Soldados Da Pm

Polícia Federal Extradita Foragido Da Justiça Preso Em Portugal

7 Raças De Gato Que Tendem A Ser Teimosas

Jovem Se Sujou De Barro Para Mentir Que Dirigia Caminhonete E Proteger Irmão Bêbado Após Acidente Que Matou Gêmeos No Interior De Sp, Diz Polícia Civil

Ir Autonomo

Formigas

 



 

Últimas Notícias

 

‘Divertida Mente 2’ está prestes a se tornar filme com maior público nos cinemas

 

Alemão de 60 anos é o sétimo caso de cura provável do HIV

 

Mesmo com primeira agenda de Datena, entorno de Tabata vê insegurança no PSDB e

 

MC Daniel desabafa após cachorro morrer em acidente doméstico: ‘Uma dor inexplic

 

Em 1º discurso após ataque, Trump diz que discórdia nos EUA precisa ser curada e

 

Apagão cibernético: saiba o que foi afetado no Brasil

 

Silvio Santos segue internado em São Paulo com H1N1

 

6 atividades para fazer com o cachorro nas férias

 

Cantora country admite que estava bêbada durante apresentação do hino nacional d

 

The Smashing Pumpkins anuncia shows no Brasil; veja preços e locais

 

 

 

Sem título

Dúvidas ?

entre em contato

 

- Fale Conosco




Dúvidas ?

Depto de Marketing

entre em contato

 

- Depto de Marketing

Interessantes

 

IPMET(Boletim do Tempo)

 

Empresa

 

Sobre

 

 

 


Sem título

Portal Mogi Mirim

 

Desenvolvido por Rcorp Data Center © 2024

 

Seu IP.: 3.236.112.70