Home | Agenda Portal | Admin | Cidades | Guia Comercial | Tecnologia | Webmail               

 


Seu IP: 34.228.38.35

Anúncie no Portal Mogi Mirim

Guia Comercial

Anúncie no Portal Mogi Mirim

Serviços


Publicidade

Acredite Se Quiser


12-09-2018

Nardoni alega bom comportamento e pede regime de prisão semiaberto

Na contramão, Vara de Execuções Criminais de Taubaté dá parecer contrário e determina a realização de novo exame criminológico ao detento

A defesa de Alexandre Alves Nardoni, condenado a 30 anos e dois meses de prisão pela morte da filha Isabella, entrou com pedido para que ele passe a cumprir a pena em regime semiaberto. De acordo com o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), o pedido foi feito pela defesa na quarta-feira (5).

Na terça-feira (11), porém, a 1ª Vara de Execuções Criminais de Taubaté deu um parecer contrário ao pedido da defesa de Nardoni. No parecer, o promotor Luiz Marcelo Negrini afirma que o sentenciado cumpre pena por "homicídio qualificado por meio cruel mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima e para assegurar a ocultação de outro crime, contra descendente menor de 14 anos, com omissão em relação à asfixia."

Diante disso, o promotor escreveu ainda que não existem elementos seguros e satisfatórios que assegurem que Nardoni irá se ajustar ao regime semiaberto.

O crime, conforme escreveu o promotor, é considerado de alta periculosidade e a previsão de término da pena é para outubro de 2036. "A excessiva brutalidade e frieza do crime perpetrado exigem toda a cautela na concessão da progressão, aliado ao longo tempo de pena a cumprir, que pode vir a encorajá-lo a eventualmente frustrar a aplicação da lei penal", declarou Negrini.

Nardoni está preso há dez anos e quatro meses em regime fechado, na Penitenciária 2, de Tremembé, no interior de São Paulo. Com a progressão de regime, ele teria direito a cinco saídas temporárias anuais e possibilidade de trabalhar ou estudar fora da prisão. Segundo Negrini, seriam "oportunidades em que poderia facilmente abandonar o sistema".

Defesa

Em petição dirigida à Vara de Execuções Criminais de Taubaté (SP), a defesa de Nardoni alega que ele já cumpriu o tempo correspondente a dois quintos da pena em regime fechado, requisito objetivo previsto em lei para crimes hediondos. No cálculo, foram considerados 634 dias de remissão na pena, já que Alexandre trabalha na prisão.

Conforme o advogado Roberto Podval, defensor de Nardoni, o preso atendeu também a requisitos subjetivos, pois sempre demonstrou bom comportamento carcerário e conduta exemplar, não tendo cometido falta disciplinar. Ele também não se envolveu com facções.

 

R7 entrou em contato com a defesa de Nardoni para obter mais informações sobre o parecer contrário dado pelo promotor, mas até o momento da publicação da reportagem não obteve retorno.

Exame criminológico

A Promotoria Criminal de Taubaté pediu ainda que Alexandre Nardoni seja submetido a exame criminológico, "o qual deverá analisar a personalidade do sentenciado". De acordo com o promotor, a gravidade dos delitos praticados por Nardoni revela a "necessidade de se melhor conhecê-lo, recomendando-se, deste modo, a realização do exame."

O exame deverá compreender os seguintes requisitos: análise da personalidade, introjeção de valores ético e morais, presença de agressividade e impulsividade, mecanismos de contenção dos impulsos, elaboração de crítica sobre delitos, predomínio de atividades impulsivas, tolerâncias e frustrações e possibilidade de reincidência.

O juízo de Execuções Criminais deve decidir nos próximos dias se atende ao pedido da defesa ou acata o parecer do Ministério Público.

Benefício concedido

A madrasta de Isabella, Anna Carolina Jatobá, também condenada pela morte da menina, cumpre pena em regime semiaberto desde julho de 2017. Desde outubro do ano passado, quando teve concedida a saída temporária pelo Dia das Crianças, ela se beneficia desse direito.

Alexandre e Anna Carolina foram acusados de terem jogado o corpo da menina, então com cinco anos, pela janela do sexto andar do prédio em que moravam, na zona norte de São Paulo, em março de 2008. Apesar de condenados, ambos sempre negaram o crime.

 


Esta matéria possui 228 visita(s)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Deixar um Comentário

bar02_dot1x1_black.gif

 

 

 

 

 

 

 

 

Gente

 

Natureza

 

Notícias Topo

 

Galeria De Fotos

Oscar Niemeyer apresenta piora na função renal, dizem médicos

 

Henri Castelli quebra silêncio sobre multa do Ibama

 

Herdeira do fundador do Bradesco perde recurso bilionário contra o banco

 

George Clooney admite que atuar não é mais sua prioridade

Oscar Niemeyer apresenta piora na função renal, di...

 

Henri Castelli quebra silêncio sobre multa do Ibam...

 

Herdeira do fundador do Bradesco perde recurso bil...

 

George Clooney admite que atuar não é mais sua pri...


Esta notícia ja foi vista por 510 vez(es)

 

Esta notícia ja foi vista por 324 vez(es)

 

 

Esta notícia ja foi vista por 709 vez(es)

 

 

Esta notícia ja foi vista por 357 vez(es)

 

 

 

 

Policia

 

Tecnologia

 

Gente

 

Saude

Um falso representante comercial da empresa espanhola Gas Natural Fenosa assinou um contrato bilionário com o governo da Ucrânia, segundo informa o jornal El País. O acordo seria para a construção de um complexo de gás natural no Mar Negro e custaria cerca de US$ 1,1 bilhão. A empresa negou que tivesse um representante no país quando o contrato foi firmado e já enviou um aviso ao falso agente.  O momento da assinatura do acordo teve a presença do primeiro-ministro ucraniano, Mykola Azarov, e foi registrado por um fotógrafo da Reuters. A agência de notícias afirmou que o nome do executivo da Gas Natural Fenosa era Jordi Sardà Bonvehí, enquanto o governo local disse que firmou contrato com Jordi García Tabernero. Tabernero é diretor de comunicação do grupo e não estava na Ucrânia, segundo a própria empresa.  A falha do governo ucraniano gerou uma polêmica no país. De acordo com o Financial Times, o governo se apressava para mostrar à russa Gazprom que estava a caminho de construir seu primeiro complexo de gás natural com apoio de outros países, dando mais argumentos para negociar os preços do gás com os russos. A Gas Natural Fenosa afirmou que vai entrar com medidas legais contra o suposto executivo.

 

Windows 98 faz 20 anos; relembre curiosidades sobre o sistema

 

Estrelado por Shailene Woodley e adaptado do livro homônimo de John Green, drama adolescente estreia esta quinta-feira (5)

 

Cientistas israelenses desenvolvem maconha medicinal sem barato

Um falso representante comercial da empresa espanh...

 

Windows 98 faz 20 anos; relembre curiosidades sobr...

 

Estrelado por Shailene Woodley e adaptado do livro...

 

Cientistas israelenses desenvolvem maconha medicin...


Esta notícia ja foi vista por 509 vez(es)

 

Esta notícia ja foi vista por 238 vez(es)

 

 

Esta notícia ja foi vista por 588 vez(es)

 

 

Esta notícia ja foi vista por 603 vez(es)

 

 

 

 

 

Sem título

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade



 

 

 

 

Empresa

 

Admin

Webmail

Sobre

 

Últimos Comentários

 

Sem título

Fale Conosco

 

Departamento Comercial

 

Fale Conosco

 

Depto de Marketing

 

Suporte Técnico

Rcorp Data Center

 Portal Mogi Mirim Tecnologia

Acesse sua Conta 

Outros Interessantes

 

IPMET(Boletim do Tempo)

Trafego Aéreo

 

Últimas Notícias






Sites

 

A Casa Do Frete

Amigos Da Rede

Aquaponia Renaldo Ramos

Estiva Gerbi

Eu Penso Assim

Portal Aguai

Portal Eg

Portal Estiva Gerbi

Portal Holambra

Portal Mogi Mirim

Portal São João Da Boa Vista

Rcorp Data Center

Santuário Rosa Mistica

Secasa Gerenciamento Imobiliario

Serviços De Ti

 

 

 

 


Sem título

Portal Mogi Mirim

Notícias, Informação E Entreterimento

 

19 9 8870-2956 Whatsapp

 

Desenvolvido por Rcorp Data Center © 2019 - Área restrita

Comercial