Home | Agenda Portal | Admin | Cidades | Guia Comercial | Tecnologia | Webmail               

 


Seu IP: 54.235.55.253

Anúncie no Portal Mogi Mirim

Guia Comercial

Anúncie no Portal Mogi Mirim

Serviços


Publicidade

Paises


03-12-2018

Por Tahiane Stochero, G1 SP

 

 

O futuro presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), causou polêmica e virou meme nas redes sociais na última semana após prestar continência em dois momentos para civis: primeiro, no Rio de Janeiro, na quarta-feira, durante visita do Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Bolton, assessor do presidente norte-americano, Donald Trump, e, depois, no domingo, ao repetir o gesto ao jogador Felipe Melo, do Palmeiras, após a vitória do time sobre o Vitória, em São Paulo.

A partida fez parte da última rodada do Campeonato Brasileiro. Bolsonaro é palmeirense.

Nas Forças Armadas, prestar continência é uma saudação, representando um sinal de respeito a pessoas ou a símbolos nacionais, como a bandeira, e também a diversas autoridades, como presidente e vice-presidente da República, presidentes da Câmara dos Deputados, do Senado e do Supremo Tribunal Federal (STF), além de ministros de estado e representantes de governos estrangeiros.

Ela deve ser feita em pé, com a movimentação da mão direita em direção à cabeça, com a palma da mão virada para baixo. O cumprimento também é usado pelas polícias e bombeiros militares.

decreto 2.243, de junho de 1997, assinado pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso, explica que, pela continência, “o militar manifesta respeito e apreço aos seus superiores, pares e subordinados”. Segundo militares e especialistas ouvidos pelo G1, não significa submissão.

Pelo regulamento, “a continência parte sempre do militar de menor precedência hierárquica” e, quando “ocorrer dúvida sobre qual seja o de menor precedência, deve ser executada simultaneamente”. “Todo militar deve, obrigatoriamente, retribuir a continência que lhe é prestada”.

Imagens gravadas do encontro de Bolsonaro com Bolton, realizada na casa do futuro presidente no Rio, mostram que foi Bolsonaro quem iniciou a continência ao conselheiro de defesa norte-americano, que retribuiu apenas com um aperto de mão (veja vídeo abaixo).

“A continência é um sinal de respeito tipicamente militar, um cumprimento. O cumprimento de aperto de mão começou para mostrar a mão desarmada; a continência é um ponto diferente, mostra respeito a quem admiramos, respeitamos. Bolsonaro nada mais está fazendo do que seguindo suas raízes militares”, diz o coronel da reserva do Exército e consultor em assuntos de segurança e militar Fernando Montenegro.

Para o oficial, que serviu na tropa de elite do Exército, o ato está longe de ser submissão.

“Quando você abaixaria diante de um monarca, por exemplo, aí sim um gesto de submissão. A continência, para o militar, está muito longe de ser um sinal de subserviência. É um respeito que temos entre nós, além de realizarmos às vezes em relação a pessoa que a gente tem uma certa admiração e respeito pelo tipo de atividade que desenvolve”, disse ele.

 

“Cumprimentar um civil assim também é perfeitamente cabível. Eu mesmo já fiz isso, quando você tem muito apreço por alguém, você pode fazer”, afirmou o coronel. Oficiais da ativa das Forças Armadas de várias patentes também confirmaram à reportagem que já usaram a continência para civis como sinal de deferência e admiração pelo trabalho ou forma de atuação.

Saudação militar

 

Como o presidente da República é o chefe das Forças Armadas, em alguns países, ele também costuma prestar continência a militares. O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama seguidamente prestava continência a soldados que lhe esperavam ao desembarcar do porta-aviões ou em bases militares.

No Brasil, o Regulamento de Continências, Sinais de Respeito e Honras Militares, disponível no site da Câmara dos Deputados e datado de 1919, explica que “a continência é uma saudação militar”. “Ela é o sinal de respeito dado pelo militar individualmente a seus camaradas, - superiores, iguais e subordinados, - às autoridades, à bandeira ou ao hino nacional, à tropa, na conformidade do regulamento, ou dado coletivamente pela tropa”, diz o texto.

Segundo o regulamento, “a continência de um militar a outro é essencialmente impessoal, e por isso é uma absoluta obrigação mútua, a cumprir em qualquer situação”.

O especialista militar Fernando Montenegro lembra que o marechal Mascarenhas de Morais, possuidor da mais alta patente do Exército e que foi comandante da Força Expedicionária Brasileira (FEB) durante a campanha na Itália na 2ª Guerra Mundial, dizia, segundo historiadores, que “sentia vontade de prestar continência a um soldado de infantaria” durante a guerra, em sinal de respeito e admiração pelo comprometimento nos campos de batalha.

 

 

 


Esta matéria possui 135 visita(s)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Deixar um Comentário

bar02_dot1x1_black.gif

 

 

 

 

 

 

 

 

Formula1

 

Mais Belas

 

Memoria

 

Politica

Vettel lidera dobradinha da Red Bull na Malásia; Massa é 5º

 

Juju Salimeni usa vestido decotado e curtíssimo

 

Após 151 anos, EUA sepultam marinheiros da Guerra de Secessão

 

Romário diz que regra de fair play da CBF é deboche e defende lei federal

Vettel lidera dobradinha da Red Bull na Malásia; M...

 

Juju Salimeni usa vestido decotado e curtíssimo...

 

Após 151 anos, EUA sepultam marinheiros da Guerra ...

 

Romário diz que regra de fair play da CBF é deboch...


Esta notícia ja foi vista por 618 vez(es)

 

Esta notícia ja foi vista por 1892 vez(es)

 

 

Esta notícia ja foi vista por 413 vez(es)

 

 

Esta notícia ja foi vista por 272 vez(es)

 

 

 

 

Paises

 

Todos

 

Sem Noção

 

Colunista

EUA prendem suspeito de ataque em Boston

 

Resgate em caverna foi lição de esperança, diz jornalista tailandesa

 

Policiais dos EUA fizeram foto com negro como se ele tivesse sido caçado

 

União libera terreno para pátio de caminhões

EUA prendem suspeito de ataque em Boston...

 

Resgate em caverna foi lição de esperança, diz jor...

 

Policiais dos EUA fizeram foto com negro como se e...

 

União libera terreno para pátio de caminhões...


Esta notícia ja foi vista por 732 vez(es)

 

Esta notícia ja foi vista por 124 vez(es)

 

 

Esta notícia ja foi vista por 362 vez(es)

 

 

Esta notícia ja foi vista por 653 vez(es)

 

 

 

 

 

Sem título













 

 

 

 

Empresa

 

Admin

Webmail

Sobre

 

Últimos Comentários

Rcorp Data Center

 Portal Mogi Mirim Tecnologia

Acesse sua Conta 

Outros Interessantes

 

IPMET(Boletim do Tempo)

Trafego Aéreo

 

Últimas Notícias






Sites

 

A Casa Do Frete

Amigos Da Rede

Aquaponia Renaldo Ramos

Estiva Gerbi

Eu Penso Assim

Portal Aguai

Portal Eg

Portal Estiva Gerbi

Portal Holambra

Portal Mogi Mirim

Portal São João Da Boa Vista

Rcorp Data Center

Santuário Rosa Mistica

Secasa Gerenciamento Imobiliario

Serviços De Ti

 

 

 

 


Sem título

Portal Mogi Mirim

Notícias, Informação E Entreterimento

 

19 9 8870-2956 Whatsapp

 

Desenvolvido por Rcorp Data Center © 2019 - Área restrita

Comercial